A FAPERJ apoia as atividades do Laboratório

10 de nov de 2016

CBO 2016 - Congresso Brasileiro de Oceanografia, Salvador

Ontem, 09/ 11/ 2016, terminou mais um Congresso Brasileiro de Oceanografia, o CBO (www.cbo2016.org), na cidade de Salvador, BA.

Foi uma excelente oportunidade para reencontrar amigos pesquisadores e reafirmar que as atividades desenvolvidas pela equipe do Laboratório de Ecologia e Dinâmica Bêntica Marinha continuam sintonizadas às principais pesquisas do Brasil e do mundo.

Neste evento, participamos diretamente com 5 trabalhos, sendo um em colaboração com o Prof. André Rezende de Senna, também da UERJ-FFP, no qual registramos a ocorrência de uma nova espécie em fase de descrição. A participação dos alunos, com muito entusiasmo, é um grande motivo e um grande incentivo a dar continuidade aos trabalhos.



Claro que como todo congresso, também teve a parte cultural. Pelourinho, Igrejas da Bahia, Praias, Samba, Jazz e algumas observações biológicas interessantes. Agora esperaremos pelos congressos de 2017: Congresso Brasileiro de Biologia Marinha (CBBM), Encontro de Ecologia Bêntica, Corrosão e Bioincrustação (BIOINC) e outros mais. Ah, e claro, publicar os artigos relacionados a estas apresentações.



Quer saber mais sobre algumas das atividades desenvolvidas pelo laboratório e sua equipe ? Acesse a página do Facebook do nosso local de trabalho, a Baía da Ilha Grande !

https://www.facebook.com/groups/1609387055989041/

Apoio: FAPERJ/ CNPq / UERJ-CEADS

6 de mai de 2016

De volta com boas notícias. Para ler e ver!

Faz tempo que não atualizo o blog. Talvez esta forma de comunicação tenha caído em desuso com a ascenção das redes sociais. Ou mesmo com a multiplicação de diferenets formas e meios de comunicação e divulgação. Não é um uma característica exclusiva de nosso blog.

Mas não é este o assunto que trago até vocês. Na verdade é um convite. Convite para em breve, vocês irem visitar nossa exposição sobre a Biodiversidade Marinha da Baía da Ilha Grande. Trabalhando por lá desde 2012, a equipe de professores da UERJ tem obtido além dos excelentes resultados científicos, belíssimas imagens do mar e de seus habitantes. E é isto que queremos mostrar a vocês. Esperamos que vocês possam visitar nossa exposição fotográfica. Mas como nem tudo tem sido fácil nos últimos tempos, ainda dependemos da regularização do pagamento, por parte do estado do Rio de Janeiro, dos salários dos funcionários terceirizados e das empresas prestadoras de serviço, além da regularização de bolsas.

Mas assim que tivermos a data de inauguração, volto a divulgar aqui. Então por enquanto, para deixar com água na boca, apreciem a nossa filipeta de divulgação, com uma das fotos da exposição.

Até lá!


https://www.facebook.com/groups/1609387055989041/

1 de dez de 2014

Mais um ano chegando ao fim

O ano de 2014 está chegando ao fim e é hora de fazermos uma avaliação dos fatos que marcaram o ano.

Começamos o ano com o "VERANAÇO", aquele calor e secura insuportáveis que atingiu o Rio de Janeiro em cheio. Calor fora d'água e muito mais calor dentro dela. Água a insuportáveis 33 graus Celsius e visibilidade quase zero. Apesar dos relatos de branqueamento de corais por vários pesquisadores na região (http://cienciahoje.uol.com.br/noticias/2014/04/corais-brancos).

A água na Baía da Ilha Grande ficou assim no verão, com muita espuma, cor verde e quente, muito quente.


Tivemos em Janeiro a chegada da aluna Graça Bacheia, do Curso de Navegação da Universidade de Maputo, em Moçambique, que veio realizar um estágio conosco e teve a oportunidade de conhecer e navegar ao redor da Ilha Grande.

Tripulação a bordo do Velella. L.F.Skinner e Graça Bacheia

Foi um ano de pouca atividade de campo. Mas muito trabalho em laboratório, dissecando e identificando espécies de ascídias com o auxílio da Prof. Dra. Rosana Rocha (UFPR), supervisora de Pós-doutoramento de L.F.Skinner. E esta etapa também trouxe novidades, e das grandes. Uma espécie nova para a região da Baía da Ilha Grande e também, para o SE do Brasil (manuscrito em fase final de elaboração). Uma outra espécie nova para o ES, possivelmente mais uma ou duas para a Ilha Grande e, alguns novos registros de espécies nativas e exóticas. Nosso objetivo era avaliar a diversidade de Ascidiacea na Baía da Ilha Grande ampliando o conhecimento existente sobre a fauna desta região e comparar com a fauna de São Sebastião (SP), onde 61 espécies são conhecidas. Até o momento, nosso estudo foi capaz de identificar 37 espécies/morfotipos para a BIG. Isto representou um acréscimo de cerca de 50% em relação ao trabalho de Marins et al. (2010).






Em outro projeto, em colaboração com o Prof Dr. Emilio Lanna, da UFBA, iniciamos o estudo reprodutivo da esponja-de-fogo Tedania ignis, um estudo que tem ainda a participação de pesquisadoresde Santa Catarina e Pernambuco.

Mas as atividades do laboratório não se restringiram à pesquisa. Teve também seu lado de divulgação científica e a participação na organização da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em Arraial do Cabo (https://www.facebook.com/groups/1416476345284884/) participando na formação científica de alunos em geral, e da população. Um dos pontos altos de nossa participação com certeza foi a Oficina de Mergulho, que possibilitou a muitos alunos verem pela primeira vez, o fundo do mar de Arraial do Cabo. E as expressões de encantamento foram muitas.











E 2014 terminou com uma boa notícia, a aprovação pela FAPERJ de mais um projeto, concedendo recursos financeiros para mais um ano de trabalho em 2015.

Então desejamos a todos um 2015 muito próspero, repleto de harmonia e saúde para enfrentarmos o dia a dia, seguindo em frente com muita amizade e fazendo o que mais gostamos, que é descobrir um pouco mais da bela e preciosa vida marinha deste planeta azul. E agradecemos a todas as pessoas e empresas/ órgãos governamentais que nos apoiam e acreditam em nossos sonhos.

Feliz 2015 ! Boas Festas!

Agenda de Atividades do Laboratório